Governo do Ceará e DNIT se reúnem para discutir o andamento de obras estruturantes no estado

Importante para o escoamento da produção do estado e o deslocamento de cargas e pessoas, as rodovias estaduais e federais mais utilizadas com esse intuito no Ceará foram pauta de uma reunião entre o Governo do Ceará e o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT). Dentre as vias elencadas, receberam atenção especial as obras do Anel Viário – rodovia federal, mas com obras em execução de responsabilidade do Governo do Ceará – e a CE-155, que interligada À CE-010 conecta os portos do Mucuripe (em Fortaleza) e do Pecém (em São Gonçalo do Amarante). O encontro aconteceu na manhã desta sexta-feira (7), no Palácio da Abolição, em Fortaleza, e contou com a participação do governador Camilo Santana, do superintendente de Obras Públicas do Ceará, Quintino Vieira, e do diretor-geral do DNIT, general Santos Filho.

O governador Camilo Santana reforçou a parceria do Governo do Estado com o DNIT e falou sobre a importância do Anel Viário para a população da RMF. “O Anel Viário é uma obra importantíssima para a Região Metropolitana de Fortaleza. Vamos ter a rota toda duplicada, do Porto do Mucuripe até o Porto do Pecém, livrando o fluxo de carga pesada de dentro da capital. Agradeço ao superintendente do DNIT pela visita e coloco o Governo do Estado à disposição para o que for preciso”, disse.

O projeto de duplicação do Anel Viário tem extensão de 32 km e passa pelos municípios de Caucaia, Maranguape, Maracanaú, Fortaleza e Eusébio, de forma a facilitar o transporte de cargas pela Região Metropolitana da Capital. A CE-010 é a responsável por ligar o Porto do Mucuripe à rodovia federal, que lá na frente desemboca na CE-155 chegando ao Porto do Pecém.

O titular da Superintendência de Obras Públicas do Ceará enalteceu o trabalho conjunto que vem sendo feito entre Estado e União na realização dessas obras estruturantes. “É uma parceria que está correndo bem e a gente tem dado continuidade. Discutimos sobre o Anel Viário e a Rodovia CE 155, onde vamos dar uma avanço nessas obras para que elas cheguem como benefício para a população”, destacou Quintino Vieira.

Diretor geral do DNIT, o general Santos Filho se mostrou confiante na conclusão de obras importantes e início de outras no Ceará. “A reunião foi muito boa. Temos mantido contatos com frequência e acredito que este ano será muito bom para as (obras de) rodovias federais no Ceará. A obra do Anel Viário vai ter prosseguimento e com expectativa forte de conclusão, fora outras obras que estamos andando com recursos que estão sendo alocados”, comunicou.

Também acompanharam a reunião pelo DNIT: Liris Campelo (superintendente no Ceará), Euclides Bandeira (diretor de Infraestrutura Rodoviária), Hermano Zenaide (diretor de Obras Rodoviárias) e Lucas Vissoto (coordenador-geral de Construção Rodoviária), além do deputado federal Domingos Neto.

Curta nossa página no Facebook

Nenhum comentário:

Postar um comentário