Blitz e roda de conversa marcam ação em defesa das mulheres no Cariri

Mulheres dos municípios de Juazeiro do Norte, Crato e Barbalha participaram na última semana, dos dias 5 a 7 de fevereiro, de rodas de conversas, atendimentos de saúde e beleza e encaminhamentos jurídicos e psicológicos para a rede socioassistencial para mulheres em situação de violência. “Mobilizamos toda a rede de atendimento, tanto estadual quanto municipal, para dizer às mulheres que elas têm onde buscar apoio. E também para dizer a todos que não vamos nos calar diante do machismo que nos mata e oprime todos os dias”, destaca a secretária-executiva de Políticas para as Mulheres da Secretaria da Proteção Social, Justiça, Cidadania, Mulheres e Direitos Humanos (SPS), Denise Aguiar. As ações foram realizadas a partir de uma articulação da primeira-dama do Estado, Onélia Santana.

Além dos serviços de saúde e beleza, o público também foi contemplado com os serviços das duas Unidades Móveis de Enfrentamento à Violência Contra a Mulher da SPS, que juntas, atenderam 56 pessoas nas três cidades. “Uma das nossas ações durante estes três dias no Cariri foi a blitz educativa na Praça do Giradouro, em Juazeiro do Norte. Conversamos com caminhoneiros, motoqueiros, taxistas e todos que passavam pelo local. Precisamos conscientizar a sociedade de que este é um problema estrutural e que só vamos combatê-lo se estivermos juntos, trabalhando do mesmo lado” ressalta Denise.

Unidade Móvel
“Com as Unidades Móveis conseguimos levar atendimento às mulheres que estão nos distritos mais distantes do Cariri, e isso fez a diferença na vida de muita gente. Durante estes três dias de atividades contamos com o apoio e o suporte de toda rede de enfrentamento à violência contra as mulheres do Cariri”, explica a assistente social e técnica da Unidade Móvel, Eveline Rocha.

Para Gabriela Freitas, psicóloga da Unidade Móvel, a ação teve um alcance muito positivo. “A blitz educativa tem uma proposta de intervenção massiva e conseguimos alcançar nosso objetivo. Dialogamos com centenas de motoristas e divulgamos nosso material. Distribuímos adesivos e entregamos pelo menos dois mil panfletos que falam da necessidade de proteger a vida das mulheres. A blitz foi uma ação de afirmação desta pauta que é tão urgente e necessária”,conclui.

A equipe da SPS realizou encaminhamentos para a rede de enfrentamento à violência contra a mulher e contou com o apoio e a parceria do CREAS Regional, do Centro de Referência da Mulher, dos CRAS, e do Núcleo de Enfrentamento à Violência contra a Mulher/Defensoria Pública (Nudem). A ação contou com a parceira da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), através do Grupo de Apoio a Vítimas de Violência (GAVV), e com as prefeituras municipais de Juazeiro do Norte, Crato e Barbalha. Estiveram presentes também os agentes da Patrulha Maria da Penha.

Curta nossa página no Facebook

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Addthis