Espelho de Educação para o país, Camilo apresenta modelo de tempo integral do Ceará em evento nacional

O governador Camilo Santana apresentou nesta manhã, em São Paulo, o modelo de educação em tempo integral do Ceará durante o evento “Perspectivas e fortalecimento da política de ensino médio integral nos estados”. O seminário foi organizado pelo Instituto Natura e contou ainda com a participação dos governadores Paulo Câmara (PE) e Waldez Góis (AP), além de secretários estaduais, municipais e educadores.

Atualmente, uma em cada três escolas de ensino médio do Ceará funciona em Tempo Integral (252 unidades, sendo 130 de ensino médio regular e 122 profissionalizantes). Pelo menos 90 mil estudantes cearenses cursam atualmente o sistema em tempo integral.

“Essa é uma grande ação que o estado tem feito para melhorar a qualidade da educação, proteger nossa juventude e também gerar oportunidades de emprego aos nossos jovens. O aluno passa o dia na escola. No primeiro período ele faz a grade curricular normal. No segundo ele tem a oportunidade de realizar cursos profissionalizantes, informática, atividades esportivas e artísticas”, disse Camilo Santana.

Durante sua fala, o governador citou ainda o trabalho que é realizado em todo o estado no ensino fundamental, em parceria com os municípios. Atualmente, 82 das 100 melhores escolas do país estão no Ceará, de acordo com o Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb), do Ministério da Educação.

“Esses índices que o Ceará atingiu mostram que, com pactuação, planejamento e investimento, é possível alcançar ótimos resultados. Não tenho dúvida de que a educação é o melhor caminho para termos um Ceará e um país cada vez mais desenvolvidos, com menos violência e menos desigualdade.”, afirmou o governador do Estado.

Recentemente, o Governo do Estado do Ceará foi homenageado com o prêmio Lide Educação 2019 pelos resultados na área, em evento realizado pelo Instituto Ayrton Senna.

Assessoria de Imprensa/Governo do Estado

Curta nossa página no Facebook

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Addthis