Camilo Santana assina ordem de serviço para construção de teleférico em Juazeiro do Norte

Juazeiro do Norte vai ganhar um teleférico para impulsionar ainda mais o turismo religioso e a economia da cidade, que já recebe 2,5 milhões de visitantes a cada ano. A ordem de serviço do novo equipamento que levará os turistas à estátua de Padre Cícero foi assinada nesta sexta-feira (8), pelo governador Camilo Santana, durante sessão itinerante da Assembleia Legislativa no Cariri, em homenagem aos 50 anos da estátua de Padre Cícero. A previsão é que a entrega do teleférico de Juazeiro do Norte seja realizada no segundo semestre de 2022.

O projeto é da Secretaria do Turismo do Ceará (Setur), com execução fiscalizada pela Superintendência de Obras Públicas (SOP). O equipamento, que ligará a estação Romeiros à estação Horto, tem investimento de R$ 69,5 milhões, com verba do Tesouro do Estado e do Governo Federal. O valor abrange ainda as intervenções de urbanização do entorno das duas plataformas, que terão estacionamento, quiosques e banheiros, entre outras estruturas.

“Nesse momento de homenagem à Estátua de Padre Cícero, assinamos a ordem de serviço desse grande equipamento que será o teleférico do horto da cidade de Juazeiro. Equipamento de uma ordem de mais de R$ 69 milhões, dinheiro do Estado e do Ministério do Turismo. E não tenho dúvida que será o melhor e mais moderno teleférico do Norte e Nordeste brasileiro, todo equipamento importado, construído na Suíça. Portanto será um equipamento importante para a economia e o turismo dessa região”, comentou Camilo Santana, acrescentando que a empresa já iniciou o canteiro de obras.

O teleférico de Juazeiro do Norte vai operar com 31 cabines climatizadas, cada uma com capacidade para levar 8 passageiros, todos sentados, com estrutura para levar até mil passageiros por hora. Percorrerá quase 2 km de distância, com elevação de 200 metros. O trajeto em cada sentido será cumprido em 7min30seg, oferecendo uma opção atrativa e cômoda para os romeiros subirem a Colina do Horto.

Com informações da Assessoria de Imprensa/Governo do Estado

Curta nossa página no Facebook

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Addthis