Polícia prende casal de traficantes em Juazeiro e sequestra duas casas

Policiais civis do Núcleo de Combate ao Tráfico de Drogas da Delegacia Regional de Juazeiro amanheceram o dia nas ruas da cidade nesta segunda-feira para cumprir quatro mandados judiciais, sendo dois de prisões preventivas por crimes de tráfico de drogas e outros dois de sequestro de imóveis pertencentes aos acusados. Foi preso o casal José Erivan Pereira de Souza, de 24 anos, apelidado por “Neguinho Acerola”, e Antonia Regislania Rodrigues de Sousa, de 21 anos.

Já os imóveis sequestrados e que pertenciam aos dois estão situados nos bairros Vila Três Marias e Frei Damião em Juazeiro. Segundo os investigadores do NCTD de Juazeiro eram utilizados para o armazenamento de substâncias entorpecentes e, nestes dois endereços, a polícia civil encontrou drogas. Investigações apontaram que os bens foram adquiridos com recursos provenientes da comercialização de substâncias entorpecentes.

O casal foi descoberto como dono das drogas apreendidas pelo Núcleo dia 29 de maio. Na oportunidade, Romário Bruce de Sousa, de 23, foi preso com 1 Kg de cocaína. Já no dia 2 de julho, foi presa Jéssica Talita Nascimento da Silva, de 23, e Carlos Henrique dos Santos Ribeiro, de 22 anos, com 1,6 Kg de cocaína e mais 360 gramas de crack. Por fim, no dia 30 de julho, a polícia prendeu Jefferson Lucas dos Santos, de 23 anos, com meio quilo de cocaína, balança de precisão e uma prensa hidráulica.

Investigações feitas pela Polícia Civil indicam que todos fazem parte de um mesmo time sob a coordenação de “Neguinho Acerola” e sua companheira Regislania os quais foram ouvidos esta manhã na 20ª Delegacia Regional de Juazeiro e encaminhados a unidades prisionais estando à disposição da justiça. O Núcleo de Combate ao Tráfico de Drogas volta a disponibilizar o número do seu WhatsApp (99997.7275) para acolher denúncias sobre esse tipo de crime com a garanta do sigilo quanto à fonte informadora.

Por Demontier Tenório

Fonte: Miséria

Curta nossa página no Facebook

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Addthis