Mais três jovens presos com drogas em Juazeiro do Norte e Crato

Matheus Israel foi preso em Crato, Fernanda em Juazeiro
 e a polícia de Crato já tinha prendido José Matheus,
mas este falou que era apenas usuário
(Foto: Reprodução/Redes sociais)
Mais três jovens na faixa etária de 18 a 22 anos foram presos com substâncias entorpecentes, sendo dois rapazes em Crato e uma garota em Juazeiro do Norte. Esta última prisão foi de Fernanda Belo de Oliveira, de 22 anos, na sua residência na Rua Valdemízio Brito (Triângulo), onde o Serviço de Inteligência averiguou como sendo um ponto de venda de drogas.

Por volta das 23 horas desta segunda-feira militares da Força Tática apreenderam 25 gramas de crack, uma balança de precisão, um caderno com anotações supostamente dos “negócios” e sacos para embalar drogas. Outras duas mulheres que estavam no imóvel foram ouvidas apenas como testemunhas. Fernanda foi submetida a exame cautelar na Pefoce e recambiada ao presídio feminino de Crato. Ela figura em processo como testemunha de um homicídio e já tinha sido presa com drogas este ano.

Já nesta segunda-feira foi protocolado na 2ª Vara Criminal da Comarca de Crato o Auto de Prisão em Flagrante de Matheus Isrrael Basílio Cabral, de 18 anos, residente na Rua DH na Batateira. Na noite de sexta-feira a equipe RAIO 03 patrulhava pela Avenida JPB de Menezes naquele bairro quando, na Praça da Igreja de Nossa Senhora Aparecida, se deparou com algumas pessoas e os policiais decidiram abordar. Com Matheus Israel, apreenderam 18 pinos de cocaína e cinco trouxinhas de maconha.

No início da noite deste sábado, a equipe RAIO 04 recebeu denúncias que na Rua Antonio Carlos Jobim (Bairro Mutirão) em Crato, estava ocorrendo a venda de drogas e foi ao local. Foram feitas buscas no imóvel quando encontraram um revólver calibre 38 com três munições picotadas, 11 papelotes de maconha e um celular. Francisco Laerton Gomes da Silva, de 57 anos disse que a arma era sua, enquanto o seu neto José Matheus de Alencar Maia, de 20 anos, assumiu ser o dono da droga.

Por Demontier Tenório

Fonte: Miséria

Curta nossa página no Facebook

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Addthis