Suspeito de extorquir dinheiro de casal para não divulgar fotos íntimas é preso em Barbalha

Um homem suspeito ameaçar divulgar fotos íntimas de um casal foi preso por extorsão em Barbalha, na Região do Cariri, na última terça-feira (21).  

Ivanildo Silva Tavares, 28 anos, foi capturado após marcar um encontro com uma das vítima dentro da Igreja Matriz de Santo Antônio, no Centro da cidade, para receber dinheiro e apagar as imagens íntimas. Policiais civis da Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) de Juazeiro do Norte, que já tinham sido informados sobre o suspeito, acompanharam a ação de longe e o prenderam em flagrante. 

A titular da DDM de Juazeiro do Norte, Débora Gurgel, informou que Ivanildo Silva utilizava um perfil falso, com o codinome 'Camila', em um aplicativo de relacionamento para atrair casais, conseguir fotos íntimas e depois extorqui-los. Depois de obter as imagens, ele revelava sua identidade e pedia dinheiro para não as divulgar. 

Ivanildo Silva já tinha antecedentes por extorsão. De acordo com Gurgel, ele foi detido para prestar esclarecimentos em março deste ano, sob suspeita de cometer o crime em condições semelhantes. 

Perfis falsos 
De acordo com Débora Gurgel, o suspeito utilizava diversos perfis falsos para fazer vítimas. Ela ressalta que Ivanildo chegava, inclusive, a utilizar as fotos das vítimas para abrir novas contas em redes sociais e em aplicativos de relacionamento. 

"Nós apreendemos o celular dele e podemos verificar que ele fez várias vítimas, já entramos em contato com algumas para que elas venham denunciá-lo. Inclusive, ele usava as fotos delas para criar novos perfis. No Instagram, Ivanildo se passava por 'Gregório Eduardo', 23 anos, para enganar mais pessoas", explicou a delegada. 

Denúncia 
A DDM de Juazeiro ressalta que outras vítimas devem procura a delegacia para denunciar os crimes, para que a polícia possa tomar as medidas cabíveis. A pena para o crime de extorsão é de quatro a 10 anos de reclusão, podendo ser aumentada de acordo com a quantidade de crimes praticados. 

Fonte: Diário do Nordeste

Curta nossa página no Facebook

Nenhum comentário:

Postar um comentário

ShareThis