Urca recebe a 2ª edição do Seminário de Teatro do Oprimido no Cariri

Nos três primeiros dias de maio, o Centro de Artes da Universidade Regional do Cariri receberá o Seminário de Teatro do Oprimido no Cariri (Setoca).  Em sua segunda edição, o evento trará para o ambiente da Urca diferentes coletivos, grupos sociais, políticos e artísticos, em momentos de compartilhamento de experiências e fortalecimento de uma rede de praticantes do Teatro do Oprimido, método mundialmente reconhecido, criado pelo teatrólogo brasileiro Augusto Boal. A programação contará com palestras, rodas de conversas, comunicações de pesquisas e apresentações artísticas.

O Seminário de Teatro do Oprimido no Cariri (Setoca) nasceu em 2018, fruto das inquietações promovidas pela linha de pesquisa Teatro do Oprimido no Cariri (Toca), que investiga as possibilidades de atuação e contribuição da metodologia do Teatro do Oprimido no Cariri cearense. A linha de pesquisa em Teatro do Oprimido está em atuação desde 2016, e pertence ao grupo de pesquisa Pedagogias do Teatro no Cariri (Peteca), constituindo-se como uma pesquisa teórico-prática, desenvolvendo diferentes ações desde sua criação, o que coloca o Toca dentro do âmbito da pesquisa e da extensão universitárias.

“Percebemos ao longo de nossos estudos que o TO tem papel fundamental no desenvolvimento de reflexões e ações de superação das opressões vividas pelas comunidades do interior nordestino. Ao constatarmos isso, entendemos a necessidade de agirmos de forma a congregar diferentes agentes sociais do Nordeste, num encontro que discuta as diferentes práticas que são desenvolvidas com o TO em nossa região”, afirma Mateus Gonçalves, coordenador geral do Setoca e professor responsável pelo Toca.

Serviço:
SETOCA – SEMINÁRIO DE TEATRO DO OPRIMIDO NO CARIRI
Datas: 01, 02 e 03 de maio de 2019
Local: Centro de Artes Reitora Maria Violeta Arraes de Alencar Gervaiseau
Avenida Padre Cícero, 1348, Bairro São Miguel, Crato-CE
Inscrições gratuitas: even3.com.br/setoca
Contato: setoca@urca.br
Professor responsável: Mateus Gonçalves

Curta nossa página no Facebook

Nenhum comentário:

Postar um comentário

ShareThis