Ceará atinge menor índice de evasão escolar da história

O número de estudantes que abandonaram a escola no Ceará atingiu o menor índice histórico em 2018. O índice foi apresentado pelo governador Camilo Santana. O levantamento apontou ainda o crescimento de alunos aprovados no Ensino Médio e a consequente diminuição dos reprovados

“O Ceará tem se destacado na educação pública brasileira. Hoje, é um referência nacional e fora do Brasil. A partir de uma série de ações da Secretaria da Educação a gente conseguiu em 2018 ter o menor índice de evasão escolar da história do Ceará. Há dez anos chegava a quase 17% e reduzimos em 2018 para 5%. Mas quero que nem um aluno deixe a escola no Ceará. Estamos com uma política de estímulo, premiação e acompanhamento para que a médio e longo prazo a gente consiga atingir esse objetivo", apontou Camilo, complementando que o índice cearense é quase a metade do nacional, registrado em 2017. "Se compararmos com o Brasil, a taxa de abandono nacional é de 8,9%. Estamos praticamente com a metade da taxa e vamos trabalhar para melhorar”, informou o governador.

Camilo Santana também comemorou o crescimento da quantidade de alunos aprovados e a consequente diminuição de reprovações. “Outro dado importante é o percentual de aprovação. Saímos de 74,7% e chegamos a 90,1% de aprovados na rede pública estadual no Ensino Médio. Queremos 100%. No Brasil a taxa de aprovação é 81,7% e do Nordeste ficou em 85,1%. Em reprovação também temos caído. Em 2007 éramos 8,9% e no ano passado 5%. O Brasil tem uma taxa de reprovação de quase 10% e o Nordeste também, com 9,4%. São dados importantes e que nos orgulham”, ressaltou.

Assessoria de Comunicação/Governo do Estado do Ceará

Curta nossa página no Facebook

Nenhum comentário:

Postar um comentário

ShareThis