Tragédia em Milagres: Governador Camilo Santana garante investigação rigorosa e isenta

O governador Camilo Santana anunciou, na tarde deste domingo (9), a criação de um grupo especial de investigação para a operação policial que resultou na morte de 14 pessoas, entre elas 6 reféns, na tentativa de assalto a banco em Milagres, na última sexta-feira (7). Em sua página do Facebook, o chefe do executivo estadual garantiu uma operação rigorosa e isenta. 

A comissão, segundo o governador, será formada com a Delegacia Regional de Brejo Santo, Delegacia Municipal de Milagres, recebendo apoio da Delegacia de Roubos e Furtos e do Departamento de Polícia do Interior Sul. Ainda segundo Camilo, a Controladoria Geral de Disciplina dos Órgãos de Segurança Pública (CGD) abriu investigação preliminar para apurar o ocorrido.

"Reforço que, desde o momento do fato, minha determinação tem sido de investigação rigorosa e isenta, para que toda a ação e suas responsabilidades sejam devidamente apuradas. Nenhuma ação da polícia cearense é feita com a intenção deliberada de tirar vidas, muito menos de vítimas inocentes, que devem sempre ser protegidas em primeiro lugar. Reitero minha solidariedade às famílias das vítimas", disse o governador em post no Facebook.

A operação até o momento resultou em oito suspeitos presos em flagrante. Outras 24 pessoas foram ouvidas, destaca o governador. "As armas dos suspeitos e dos policiais envolvidos na ação foram recolhidas pela Polícia Civil para serem periciadas", afirma Camilo Santana. 

Fonte: Diário do Nordeste

Curta nossa página no Facebook

Nenhum comentário:

Postar um comentário

ShareThis