Dilma é a única presidenciável que vai ao jogo de abertura da Copa do Mundo

A presidente Dilma Rousseff é a única entre os presidenciáveis que irá assistir ao jogo de abertura da Copa do Mundo no Itaquerão, em São Paulo, na quinta-feira (12). Dilma irá participar da cerimônia de abertura que irá começar às 17h, mas não deve fazer pronunciamento. Os adversários Aécio Neves (PSDB) e Eduardo Campos (PSB) têm outros planos para a estreia do Brasil.

No caso de Dilma, o mais provável é que a presidente apenas declare aberto os jogos, em uma estratégia para evitar constrangimentos como as vaias recebidas por ela e pelo presidente da Fifa, Joseph Blatter, na abertura da Copa das Confederações em junho do ano passado. A Fifa informou ao iG que a concepção da cerimônia de abertura nesta quinta-feira foi produzida de uma forma que dispensa qualquer tipo de discurso.

A presidente ainda não tem programação fechada para os outros jogos do Brasil na Copa: a única certeza é que irá participar da partida de encerramento do Mundial, no Maracanã, no Rio de Janeiro, em 13 de julho.

Aécio irá assistir à cerimônia e ao jogo de abertura ao lado da mulher, a modelo Letícia Weber, que está internada em um hospital no Rio. No sábado (9), Letícia deu à luz prematuramente a um casal de gêmeos, após 6 semanas e meia de uma gravidez de risco. Júlia e Bernardo estão internados na UTI, e Letícia e Aécio devem acompanhar de perto o progresso dos bebês.

O senador também não tem programação certa para os demais jogos no Brasil, e ainda não definiu se assistirá algum outro jogo em Belo Horizonte ou no Rio. Sua assessoria informou apenas que ele irá acompanhar de perto os jogos porque “ele ama futebol”.

Campos assistirá aos três primeiros jogos da seleção com a família. Segundo um assessor de Campos à Reuters, o pré-candidato do PSB pretende aproveitar a primeira fase do Mundial para ficar perto dos filhos, que tem visto pouco desde o início da pré-campanha.

Fonte: Último Segundo/iG



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Addthis