Manhã de domingo foi de chuva para 66 municípios cearenses

Madrugada e manhã de domingo foi de chuva para 66 municípios cearenses, dos quais 13 registraram chuva superior a 50 mm, conforme informações da Funceme (Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos).

O maior registro (127 mm) foi no município de Cariús, a 411 quilômetros da Capital. Juazeiro do Norte teve a segunda maior precipitação do fim de semana (125 mm). Outros municípios também tiveram chuvas intensas, como Lavras da Mangabeira (81 mm), Crato (72 mm), Iguatu (70 mm) e Baixio (66 mm). Na Região Norte, choveu 53 mm em Trairi. Em Jaguaribe, 51 mm. Não houve registros significativos na Capital.

Cumprindo a previsão feita pela Funceme, foi registrado um bom índice de chuvas no Estado, principalmente neste domingo, onde as Regiões Sul e Centro Sul concentraram as maiores precipitações, na Região do Cariri, 18 dos 33 municípios da registraram índices de pluviometria durante a madrugada de sábado para domingo passado.

Intensidade
Devido à intensidade das chuvas, o volume de água no riacho que atravessa a comunidade também aumentou. A força da correnteza levou dezenas de famílias proibirem que jovens e crianças se aproximassem das margens do manancial. "A gente agradece demais pela chuva. Vai melhorar muito a esperança de quem trabalha na lavoura", avalia Joana Batista, que reside na localidade.

Segundo ela, embora houvesse fé de que as chuvas iniciariam mais cedo ou mais tarde, o volume registrado no município surpreendeu a todos os moradores da cidade. "Ninguém esperava essa chuva toda. Choveu muito durante toda a madrugada. Foi uma bênção", disse. Além de Cariús, os municípios de Juazeiro do Norte (125 mm) e Lavras da Mangabeira (81 mm) também registraram fortes precipitações. Em Juazeiro do Norte, na manhã de ontem, o trânsito de veículos ficou lento entre a Rua Padre Cícero e a Avenida Carlos Cruz. O volume de poças de água escondia a maioria dos buracos nas duas vias de rolamento, obrigando motoristas a diminuírem a velocidade dos veículos. No bairro Lagoa Seca, algumas ruas apresentaram sinais de alagamento.

Nas proximidades da Praça da La Favorita, havia grandes poças de água. Já no Crato a grande precipitação fez com que subissem as águas que passam pelo canal do Rio Granjeiro.

Alagamento
A Rua Tristão Gonçalves ficou alagada nas proximidades da agencia dos correios. O lixo jogado na rua pelos moradores provocou o entupimento de uma boca de lobo, prejudicando o escoamento das águas que escorriam de pontos mais altos. Conforme a assessoria de imprensa do município, caso não haja chuvas hoje, será realizado um trabalho de retirada do lixo nos pontos de escoamento evitando, desta forma, novos alagamentos

Em Iguatu, as maiores chuvas registradas ontem ocorreram no distrito de Caipu, zona rural de Cariús, onde também foram registrados 127mm. Em Lavras da Mangabeira choveu 81mm, na cidade de cidade de Iguatu, 70mm, e na cidade de Várzea Alegre, 61mm. Nas áreas rurais, a água se espalhou rapidamente. As precipitações durante a madrugada deste domingo foram acompanhadas de raios e trovões intensos.

Esperança
As precipitações ocorridas neste mês, o primeiro da quadra invernosa, trouxe de volta a esperança de um bom inverno. "Eu ainda não vi um ano terminado em quatro, falhar", disse o agricultor, Manoel Ribeiro, da localidade de Riacho Verde, em Várzea Alegre.

Beneficiado com o programa de preparo de terra para o cultivo agrícola de sequeiro (aquele que depende exclusivamente de chuva), o pequeno produtor rural já fez o plantio de meio hectare de feijão e milho.

"Estou animado e se Deus quiser, teremos um bom inverno", disse o agricultor, Pedro Lopes, da localidade de Gadelha, na zona rural de Iguatu. O Rio Jaguaribe, em Iguatu, registra a primeira recarga de água depois de dois anos seguidos de seca.

As chuvas de ontem no município de Assaré devem contribuir para elevar o nível das águas.

A Funceme previu para este fim de semana a possibilidade de chuvas mais significativas, que seriam favorecidas por atuação de dois sistemas: o Vórtice Ciclônico de Altos Níveis (VCAN) e a formação de áreas de instabilidade atmosférica provenientes do Oceano Atlântico.

Já na Região dos Sertões de Crateús e Inhamuns, as precipitações não foram significativas no final de semana. Predominaram na zona rural. O tempo esteve variado; ora nublado, ora com sol e abafado. Ocorreram rápidos "serenos" em alguns momentos do dia em alguns locais. A preocupação quando à recarga dos reservatórios continua entre a população e autoridades.

De acordo com a Funceme, a maior chuva ocorreu em Arneiroz, onde choveu 31mm, na localidade de Cachoeira de Fora. Em Ipueiras choveu 23mm na localidade de Matriz.

Na Região Norte e no Vale do Jaguaribe, a expectativa de chuvas foi frustrada, apresentando precipitações apenas em 18 dos 66 Municípios na primeira, sendo que apenas Granja e Bela Cruz chegaram a 50mm e os demais ficaram abaixo de 30mm. Em Sobral, choveu apenas 3.3 mm de sábado para domingo. Já na região jaguaribana, precipitações foram registradas apenas em cinco municípios segundo a Funceme. A exceção da região foi o Município de Jaguaribe que fica mais próximo a Região Centro Sul do Estado onde concentrou o maior volume de chuvas no fim de semana.

Conforme a Funceme, as chuvas deste domingo foram provocadas por áreas de instabilidade atmosférica que estão vindo do Oceano Atlântico, e não são características da quadra chuvosa, provocada pela Zona de Convergência Intertropical, apesar da estação ter iniciado, oficialmente, no último dia 1º. Ainda assim, a intensa precipitação deste fim de semana entra para os registros do acúmulo de chuvas da quadra. A Fundação alerta, entretanto, que o prognóstico feito no último mês de janeiro, de que o Estado tem maior probabilidade (40%) de ter chuvas abaixo da categoria considerada normal entre os meses de fevereiro, março e abril, está mantido.

Mais informações
Funceme 
Avenida Rui Barbosa, 1246, Aldeota - Fortaleza
Telefone: (85) 3101.1088

JÉSSYCA MARQUES/SUCURSAIS
COLABORADORA

Fonte: Diário do Nordeste



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Addthis