Cid afirma que Ciro não agrediu Eduardo Campos

O governador do Ceará, Cid Gomes (PSB), disse ontem que o ex-ministro Ciro Gomes, seu irmão, não fez “nenhum gesto” de agressão ao governador de Pernambuco, Eduardo Campos (PSB), ao afirmar que Campos “não tem proposta” para o País.

“Conversei com o Ciro hoje (ontem). O que ele me disse é que não fez nenhum gesto de agressão ao Eduardo. Disse que tem preocupações com projetos para o Brasil - e falou isso genericamente. Eu já tinha conversado como Eduardo, o Eduardo me disse, também brincando, que a mãe dele dizia que dois só brigam quando os dois querem, quando um não quer não tem briga. E ele jamais vai brigar com o Ciro. Então, eu espero que essa questão seja ou esteja superada”, disse Cid a jornalistas, após deixar audiência com a presidente Dilma no Palácio do Planalto.

Questionado se a reunião com Dilma não seria uma forma de enfraquecer uma eventual candidatura de Campos, Cid Gomes respondeu: “Negativo. Isso é procurar chifre em cabeça de cavalo. Sou governador de um Estado, a Dilma é presidente da República. Temos muitas parcerias e o que estou fazendo vindo aqui é reivindicar ações já prometidas. É da rotina administrativa”.

Fonte: Agência Estado

Addthis