Ex-capitão da PM acusado de matar irmãos em Iguatu será julgado nesta quarta-feira

O ex-capitão da Polícia Militar do Ceará, Daniel Gomes Bezerra, será levado a julgamento nesta quarta-feira (7), na 1º Vara do Júri da Comarca de Fortaleza. Ele é acusado de matar os irmãos Marcelo e Leonardo Moreno Teixeira, em Iguatu, a 384 quilômetros da Capital.

O júri, que devia ter ocorrido no último dia 29, foi adiado devido à ausência de uma das testemunhas, indicada como imprescindível pela defesa do réu. A sessão será presidida pela juíza Danielle Pontes de Arruda Pinheiro, titular da Vara. A acusação terá à frente o promotor de Justiça Francisco Marques Lima e o advogado Paulo Quezado. Já a defesa será patrocinada pelo advogado Delano Cruz.

O caso
De acordo com a denúncia do Ministério Público (MP) estadual, as vítimas foram assassinadas na madrugada de 17 de março de 2007, em uma churrascaria. Segundo testemunhas, Marcelo foi urinar próximo ao carro de Daniel Gomes. No veículo estava a enteada do policial.

A acusação afirma que, ao ver a cena, o PM foi tomar satisfações e atirou no abdome do estudante. Leonardo saiu em defesa do irmão e também acabou baleado. As vítimas foram socorridas, mas não resistiram.

No mesmo dia, o acusado se apresentou à Delegacia de Jaguaribe e confessou o duplo homicídio, alegando legítima defesa. Afirmou que a arma usada foi tomada de um dos universitários e que atirou apenas para se defender das agressões dos estudantes.

Daniel Gomes Bezerra se encontra preso no Batalhão de Choque da Polícia Militar, na Capital. Em maio de 2010, após procedimento administrativo, foi demitido das funções da PM.

Fonte: Diário do Nordeste


Nenhum comentário:

Postar um comentário