E o pintinho, piu... Cearense faz sucesso com vídeo na web

E o pintinho, piu..."...E o peru gulu-gulu, e o galo corococó, e a galinha có, e o pintinho piu, e o pintinho piu, e o pintinho piu...". Conheça agora quem é o garotinho por trás da dublagem que é sucesso na web

Se você já saiu cantarolando a canção só de ver o trecho acima, você está por dentro do atual fenômeno da internet: Dheymerson Farias, ou melhor, o "Super Dheymerson", como ele prefere ser chamado.

O garoto, filho de Elias e Ediana, é natural de Jaguaruana e mora atualmente em Russas. Brincando em casa, ele pegou uma câmera e filmou sua dublagem da canção acima. Divulgou para alguns familiares e, resultado: em menos de duas semanas, cerca de 700 mil visualizações!

O rápido sucesso transformou a vida do garotinho. São flashes, autógrafos, entrevistas, fotos... "Fui reconhecido na praça onde costumo lanchar, no táxi vindo pra cá... Todo mundo quer tirar foto comigo!", diz Dheymerson, animado, com um brilho diferente no olhar. Típico de quem realiza um sonho.


Pintinho Piu 
O garoto, filho único, nasceu "quando disseram que o mundo ia se acabar", diz o pai, orgulhoso. Hoje com 11 anos,cursa o 6º ano do Ensino Fundamental, e sonha com um futuro promissor. "Quero ser repórter!", avisa.

O que Dheymerson fez: viu uma promoção, em um programa de TV, que pedia para o telespectador fazer um vídeo. O menino gravou e publicou no Youtube. O prêmio do programa? Ele já nem liga. Afinal, o "Pintinho piu" já lhe rendeu muitas histórias para contar.

A letra difícil da canção foi decorada em menos de dois dias. E com um método interessante: "Eu achei a música grande e difícil. Então, no lugar de cantar normal, preferi cantar de trás pra frente para poder decorar". Espertinho, hein?

O que tem sido crucial para a ´carreira´ de Dheymerson é o apoio da família. O pai, Elias Santos, trabalha com vendas. Teve de dobrar o trabalho para poder folgar e acompanhar o filho em sua primeira entrevista. "Eu e minha esposa estamos prontos para renunciar qualquer coisa por ele. A correria é grande, mas a gente conversa muito. Falei para ele: ´Isso partiu de uma brincadeira, vamos torcer que tudo dê certo, mas se não der certo... Aí, ele disse: ´Eu sei, pai´", relembra.

Dheymerson teve, desde o berço, o contato com a música. O pai foi radialista e sempre gostou da área. Tinha um estúdio em casa, e isso foi determinante no desenvolvimento dos gostos do garoto.
Mini jornalista 
De acordo com Elias, o filho sempre brinca de jornalista. "Ele sempre foi assim, espontâneo. Às vezes, pega a câmera digital e fica lá, filmando. Brincando na calçada. Ele é o repórter e os outros meninos são os personagens", explica animado o pai do jovem artista.
  
Próximo vídeo 
O "Pintinho piu" já tem mais uma carta na manga a lançar em breve. "Já tenho um outro vídeo, mas está trancado a sete chaves. Só vou mostrar quando o primeiro chegar em um milhão de acessos", promete Dheymerson, novamente com aquele brilho no olhar.

Ah, e para quem quer saber qual é o som que faz o capote: "ele não faz ´tou-fraco´, como dizem. Ele faz ´Tou-tak´". Tá bom então, Super Dheymerson! Falou, tá falado!

Fonte: Diário do Nordeste

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Addthis