Bancários do Ceará podem encerrar a greve da categoria nesta noite


Os bancários cearenses se reúnem na noite desta segunda-feira, 17, para decidir sobre a continuidade ou não da greve que já dura 21 dias. O presidente do Sindicato dos Bancários do Ceará, Carlos Eduardo Bezerra, acredita que o trabalhador bancário irá para a assembleia disposto a apreciar as propostas dos bancos de definir os rumos do movimento. 

A assembleia dos bancários acontece na sede do Sindicato, às 19 horas, quando as propostas dos bancos serão apreciadas pela plenária e vencerá a decisão que obtiver maioria. De acordo com a assessoria do sindicato, na última sexta-feira, 14, o Comando Nacional dos Bancários conquistou propostas da Fenaban, da Caixa Econômica Federal e do Banco do Brasil. Além dos quesitos econômicos, houve avanços das propostas que atendem reivindicações antigas da categoria, como a cláusula que coíbe o transporte de numerário por bancários, o aumento no número de câmeras de vigilância e o fim da divulgação de rankings de metas individuais dos funcionários, que combaterá o assédio moral. 

Na proposta da Caixa, houve avanço no aumento das contratações, por parte do Governo Federal. Serão 5 mil postos de trabalho a mais, passando de 87 mil para 92 mil. Na avaliação do Comando Nacional dos Bancários, a proposta apresentada atende às principais reivindicações da categoria: aumento real de salário pelo 8º ano consecutivo, valorização do piso, distribuição de um valor maior de PLR e avanços nas cláusulas de segurança e saúde do trabalhador. Dessa forma, o Comando recomenda a aprovação da proposta pelas assembleias estaduais dos bancários. As informações são da assessoria do Sindicato dos Bancários do Ceará.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Addthis