P3 Midia

P3 Midia

Transposição avança no trecho entre Pernambuco e Ceará

Na parede da entrada principal do canteiro de obras de Penaforte, uma lista colada na guarita com 119 nomes de pessoas para realizar o exame admissional, desde a última segunda-feira (16), e ser contratados pelo Consórcio Ferreira Guedes - Toniolo, Busnello, responsável pelo Eixo Norte da Projeto de Integração do Rio São Francisco (PISF), que levará água do "Velho Chico" até o Ceará. As funções vão de motorista a jardineiro, entre outros, mas a maioria conduzirá os caminhões, tratores e escavadeiras. Nitidamente, a maior obra hídrica do Brasil tem avançado no último mês.

O cenário de veículos parados e funcionários deitados, em horário de trabalho, por falta de equipamento, mudou. Apesar de oito máquinas estacionadas no canteiro de Penaforte, o número já foi bem maior. Na manhã de ontem (17), cerca de 25 homens aguardavam ansiosos serem chamados para os exames. "Essa nova construtora parece que botou foi quente", disse um morador de Salgueiro, otimista com a celeridade da obra. "Estão esperando 120 máquinas chegarem, não se sabe quando e de onde", disse um pouco mais pessimista um funcionário que trabalha município cearense.

Mais de mil pessoas foram contratadas pelo consórcio Ferreira Guedes - Toniolo, Busnello, que assumiu a obra em maio deste ano. Ao todo, o Eixo Norte é composto por 260KMmde extensão, distribuídos em três etapas: 1N (140Km); 2N (39km) e 3N (81Km). Ele registra 96% de sua execução física. São três estações de bombeamento, 15 reservatórios, oito aquedutos e três túneis.

Na última sexta-feira (13), às 14h, começaram os testes da terceira estação de bombeamento (EBI-3), em Salgueiro, - a maior estação elevatória de toda a Integração do São Francisco. Com seu funcionamento, começará o enchimento das barragens Negreiros e Milagres, no mesmo Município. Ainda na última semana, no dia 10, foi concluída a escavação do Túnel Milagres, na divisa entre Ceará e Pernambuco. A estrutura possui quase 1Km de extensão e 9m de diâmetro. Os dois locais são considerados os pontos mais complexos da obra pela construtora.

Com o término das escavações, as equipes técnicas começaram os serviços finais do túnel Milagres: piso e acabamento interno das paredes. Segundo o cronograma de execução das obras do Eixo Norte, a previsão é de que as águas do Rio São Francisco atravessem a estrutura até setembro deste ano. Atualmente, já avançam por 80Km dos canais do Eixo Norte até a EBI-3. No entanto, entre Salgueiro e Penaforte ainda há muitos trechos que ainda não foram canalizados, mas acumulam águas das chuvas que abastece os carros-pipa usados na obra.

Segundo o Ministério da Integração Nacional (MI), em alguns trechos da meta 1N, os trabalhos acontecem 24h por dia. Esta informação foi confirmada pelos próprios moradores da comunidade de Montevidéu, em Salgueiro (PE), que reclamam do barulho causado pela obra, de noite, em seu sistema de ventilação. Além disso, por causa das detonações no Túnel Milagres, três famílias se mudaram incomodadas com o estrondo e o tremor causado pelas dinamite. "É prioridade do governo entregar o trecho ainda em 2018", disse o ministro da Integração Nacional, Pádua Andrade, no último dia 5 de junho, em audiência pública da Comissão de Desenvolvimento Regional e Turismo (CDR), no Senado Federal.

Enquanto em Penaforte, chegava ao fim o protesto de ex-funcionários do antigo consórcio - a Emsa-Siton - e de empresas terceirizadas, que começou no dia 1º de junho. Com salários atrasados, eles bloquearam a entrada do canteiro de obras no Município cearense por cinco dias. Segundo um ex-empregado, cerca de 38% do grupo foi pago. Haverá uma audiência no próximo dia 15 de agosto para tentar um acordo. Estipula-se que quitarão a dívida em 24 vezes.

Isso foi uma das coisas que afetou o cronograma da obra que, na última previsão, o MI colocou setembro como previsão para o Ceará receber as águas. No entanto, fontes do próprio consórcio que executa a meta 1N acreditam que os serviços no Túnel Milagres e da EBI-3 serão concluídos por volta do dia 15 do mês estipulado e que a água chegará a Jati, no dia 15 de janeiro de 2019, se tudo ocorrer sem problemas.

Por gravidade
A primeira etapa (1N) do Eixo Norte é responsável por dar funcionalidade ao trecho, pois capta a água do Rio São Francisco, em Cabrobó (PE), e a elevará por 188,1m de altura - por meio das três estações de bombeamento (EBI-1, 2 e 3). Após bombeada, a água seguirá por gravidade até os estados do Ceará, Paraíba e Rio Grande do Norte. Finalizada, ela deve beneficiar mais de 7 milhões de pessoas em 223 cidades no Ceará, Pernambuco, Paraíba e Rio Grande do Norte - sendo 4,5 milhões moradores da Região Metropolitana de Fortaleza (RMF).

A água será distribuída pelo solo cearense a partir de Jati, quando encontrará o Cinturão das Águas do Ceará (CAC), obra estadual, e seguirá pelo chamado "trecho emergencial", que possui 53Km e está concentrado nos lotes 1, 2 e 5. De lá, deve percorrer canais, túneis e sifões até o Riacho Seco, em Missão Velha, seguindo por gravidade, em 13Km, até o Rio Salgado, desaguando no Jaguaribe, que abastece o Açude Castanhão. A expectativa é de cerca 12m³/s.

ANTONIO RODRIGUES
COLABORADOR

Fonte: Diário do Nordeste

Curta nossa página no Facebook

Nenhum comentário:

Postar um comentário

ShareThis