P3 Midia

P3 Midia

Mark Zuckerberg pede desculpas por vazamento no Facebook; veja como se proteger

O Facebook está enfrentando uma tempestade desde a semana passada, quando o jornal inglês The Guardian revelou que a empresa de análise de dados Cambridge Analytica usou informações de 50 milhões de usuários do site para ajudar a campanha eleitoral de Donald Trump em 2016.

Ontem, finalmente, Mark Zuckerberg, o fundador do Facebook, se pronunciou sobre o caso através do seu perfil oficial. Em um extenso comunicado, ele assumiu a responsabilidade pelo ocorrido, disse que a Cambridge Analytica se aproveitou de brechas que o site tinha no passado e anunciou um programa para impedir que casos como esse ocorram novamente.

Serão realizadas investigações sobre os aplicativos da plataforma que tenham acessos a essas informações e todos que se recusarem a participar da auditoria serão banidos. Os novos contratos terão mais clausulas para proteger o usuário, e será proibido que as empresas mantenham dados de pessoas que não usam o seu aplicativo há três meses.

O responsável por tudo foi o aplicativo “thisisyourdigitallife”, que coletou dados dos usuários e os repassou para a Cambridge Analytica, que era responsável pela parte online da campanha de Trump.

Para evitar que os seus dados sejam vazados, você deve verificar quais aplicativos têm acesso à sua conta do Facebook. Para fazer isso, é necessário entrar no menu de Configurações do Facebook (tanto no celular quanto no computador, ele fica no canto direito da tela).

Aí é só entrar no item Aplicativos (ou Configurações de Aplicativos), e você irá encontrar uma lista com todos os apps que estão conectados à sua conta. Alguns deles têm utilidade, e podem ser mantidos – os aplicativos de sites em que você se cadastrou via Facebook, por exemplo. Mas você também irá encontrar outros apps, relacionados a pesquisas e joguinhos, que você nem se lembra de ter adicionado. Esses podem ser deletados sem medo – o que ajudará bastante a evitar o vazamento das suas informações.

Fonte: Superinteressante

Curta nossa página no Facebook

Nenhum comentário:

Postar um comentário

ShareThis