P3 Midia

P3 Midia

Após 2ª denúncia na Câmara, Temer libera R$ 1,02 bi a deputados

A chegada à Câmara dos Deputados da segunda denúncia contra o presidente Michel Temer motivou a liberação, por parte do peemedebista, de R$ 1,02 bilhão por meio de emendas parlamentares.

De acordo com o blogueiro Josias de Souza, no entanto, os aliados de Temer acharam o valor baixo pelo fato de as acusações envolverem, também, os ministros Eliseu Padilha e Moreira Franco - a ideia do Planalto seria fazer com que as três denúncias fossem avaliadas numa mesma votação.

Temer foi acusado pelo ex-procurador-geral da República, Rodrigo Janot, de liderar uma organização criminosa constituída pelo PMDB. Além dele, de Moreira e de Padilha também foram acusados outros nomes graúdos do partido, como Romero Jucá e Renan Calheiros. 

Fonte: Notícias ao Minuto

Curta nossa página no Facebook

Nenhum comentário:

Postar um comentário

ShareThis