P3 Midia

P3 Midia

13 hábitos do dia a dia que destroem o nosso cérebro

Assim como qualquer órgão do corpo humano, o cérebro também é afetado por hábitos do dia a dia. Muitas vezes, esses hábitos parecem inofensivos, mas não são.

Confira, a seguir, a lista de costumes que podem fazer mal a seu cérebro e tente mudá-los a partir de hoje.

13. Falta de comunicação
Pesquisas realizadas na Universidade de Michigan, Esrtados Unidos, mostraram que até mesmo 10 minutos de comunicação todos os dias são suficientes para aumentar a capacidade mental de alguém. Para isso, você não precisa sair e falar com qualquer pessoa na rua. Ligar para um amigo ou para um familiar são formas eficientes de estimular o cérebro.

12. Muito açúcar
Segundo pesquisas de alguns cientistas, o consumo de grandes quantidades de açúcar afeta o fator neurotrófico do cérebro, o BNDF, responsável pela produção de neurônios. Mais especificiamente, o BDNF é muito importante para formar a memória no longo prazo e para o aprendizado.

11. Falta de exercício para cérebro
De acordo com informações científicas, o pico de ’eficiência’ do cérebro está entre os 16 e os 25 anos. Após essa fase, a produtividade cai um pouco. Não obstante, uma pesquisa mostrou que, se treinamos o cérebro com regularidade, podemos ajudar a melhorar o seu funcionamento. Isso vale para pessoas que mostram os primeiros sinais de demência senil.

10. Não tomar café da manhã
Com base em outras pesquisas, as crianças que costumam tomar café da manhã tiram melhores notas na escola, sobretudo nas áreas de ciências. Não tomar café da manhã diminui o nível de glicose, o que, por sua vez, afeta o funcionamento cerebral.

9. Fast food
Comer apenas ou muito fast food afeta os contatos entre as células cerebrais, o que significa que o aprendizado e a formação da memória de curto prazo são afetados. Além disso, o consumo de comida muito gordurosa pode causar depressão.

8. Sorvete
Qualquer comida fria, inclusive o sorvete, pode causar dor de cabeça repentina. Dizem que a comida fria ou gelada diminui os vasos sanguíneos. O corpo, ao tentar prevenir a hipotermia, envia mais sangue ao cérebro para dilatar os vasos sanguíneos. Segundo cientistas, esse tipo de mudança causa dores de cabeça.

7. Celular
Um experimento com ratos mostrou a conexão entre o câncer de cérebro e o uso de telefone celular. Não obstante, você não precisa jogar o seu fora, os médicos recomendam o uso de viva-voz e afirmam que o ideal é deixar o aparelho mais longe da cama na hora de dormir.

6. Cobrir a cabeça enquanto dormimos
Quando dormimos com a cabeça coberta, reduzimos a quantidade de oxigênio que chega ao organismo porque, nesse caso, precisamos respirar o ar ’reciclado’, cheio de dióxido de carbono. Ou seja, obrigamos o cérebro a sentir a deficiência de oxigênio.

5. Falta de água
Sabemos que o corpo é formado por 70-80% de água. Além disso, a água é importante para ’administrar’ alguns nutrientes essenciais. Ou seja, o cérebro funciona na máxima eficiência quando tem boas reservas de H2O.

4. Álcool
Segundo pesquisas, o consumo de álcool destrói as células cerebrais. Não obstante, com o tempo o cérebro de todas as pessoas que param de abusar do álcool volta à normalidade.

3. Tabagismo
De acordo com cientistas, o tabagismo não apenas provoca câncer, ele também causa a redução do córtex cerebral. Esses danos podem afetar consideravelmente as capacidades intelectuais de uma pessoa.

2. Falta de atividade física
O cérebro, assim como outros músculos, precisa de treino. Em um estudo descobriu-se que o exercício físico influencia positivamente a síntese de BDNF e, portanto, a memória de longo prazo.

1. Dieta limitada
Durante períodos em que fazemos dietas rígidas, o cérebro também diminui. Uma pesquisa mostrou que a pouca alimentação obriga o cérebro a ’comer a si mesmo’. Essa é uma razão que mostra a importância de fazer dietas balanceadas e saudáveis.

Fonte: Incrível

Curta nossa página no Facebook

Nenhum comentário:

Postar um comentário

ShareThis