P3 Midia

P3 Midia

Cerveja reduz riscos à saúde causados por carne de churrasco, revela estudo

Se você não sabia, fique sabendo agora: a carne de churrasco tem grandes chances de conter hidrocarbonetos aromáticos policíclicos (PAHs), substância associada ao câncer colorretal. Isso acontece graças a liberação de componentes químicos durante a combustão, que combinados produzem os PAHs. Só que Isabel Ferreira, pesquisadora da Universidade do Porto, em Portugal, realizou um estudo que tem deixado os churrasqueiros de plantão ainda mais felizes. É que o resultado das pesquisas sugere que marinar a carne do churrasco na cerveja pode torná-la menos nociva à saúde.

Durante o estudo, foram avaliados dois tipos de cerveja: a pilsen e a cerveja preta. Nos testes realizados, a carne assada normalmente apresentou 21 nanogramas de PAHs por grama. Quando marinada com cerveja pilsen, o número caiu para 18 nanogramas. Já na cerveja preta, o número ficou em 10 nanogramas de PAHs.

Dessa forma, foi possível concluir que os antioxidantes presentes na bebida ajudam a diminuir a produção de PAHs. Ou seja, nada de sair por aí tomando cerveja e comendo churrasco pra dizer que viu no jornal que fazia bem. O estudo foi divulgado no Journal of Agricultural and Food Chemistry.

Fonte: NE10

Curta nossa página no Facebook

Nenhum comentário:

Postar um comentário

ShareThis