P3 Midia

P3 Midia

Senado aprova MP que libera saque do FGTS inativo

O Senado aprovou, nesta quinta-feira (25), a Medida Provisória 763/2016, que libera o saque das contas inativas do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço). A MP também aumenta a remuneração das contas do fundo. Agora, a Medida Provisória segue para promulgação do presidente Michel Temer.

A sessão no plenário começou às 11h16 e por volta das 12h50 a medida já havia sido aprovada, em votação simbólica, após acordo entre senadores da base aliada e da oposição. A proposta chegou ontem (24) ao Senado Federal e foi lida pelo presidente da Casa, Eunício Oliveira (PMDB-CE). 

A medida precisava ser aprovada pelo Congresso até 1º de junho ou deixaria de valer. Se isso acontecesse, os trabalhadores nascidos entre setembro e dezembro teriam o saque das contas inativas ameaçado, segundo especialistas consultados pelo UOL. O saque para quem nasceu de setembro a novembro só começa em 16 de junho; para os nascidos em dezembro, só a partir de 14 de julho.

Até o momento, estão liberados os saques para quem nasceu entre janeiro e agosto. Tem direito o trabalhador com carteira assinada que pediu demissão ou foi demitido por justa causa até 31 de dezembro de 2015.

Por que a regra já está valendo?
A medida provisória tem força de lei e vale por 60 dias, mesmo antes de ser aprovada pelo Congresso, podendo ser prorrogada por igual período só uma vez.

Ela foi publicada em 23 de dezembro, durante o recesso parlamentar, por isso o prazo de vigência só começou a contar em 2 de fevereiro, na volta das atividades do Congresso. O prazo de 60 dias foi prorrogado uma vez, como permitido. Portanto, o prazo final passou a ser 1º de junho. 

Fonte: UOL

Curta nossa página no Facebook



Nenhum comentário:

Postar um comentário

ShareThis