P3 Midia

P3 Midia

7 hábitos que um dia poderão salvar sua vida

Segundo as estatísticas, estamos vivendo a época mais pacífica de toda a História da humanidade. O número de guerras e de mortes por violência nas ruas como proporção da população nunca foi tão baixo. Mas não fique tão tranquilo, pois o mundo continua a ser um lugar perigoso.

Neste post, trazemos pra você 7 hábitos simples que podem aumentar o seu nível de segurança contra roubos, furtos, desastres e até tentativas de homicídio.

1. Chaves, dinheiro e celular carregado
Você deve adquirir o hábito de verificar seus bolsos toda vez que sair de casa. Chaves, dinheiro e um celular carregado são coisas que devem estar sempre ao seu alcance. Pode se esquecer de qualquer coisa, mas estes três objetos são essenciais.

Por que são tão importantes? Em caso de emergência, deve sempre ser capaz de pedir ajuda para voltar para casa. O telefone celular pode salvar sua vida, mas não só a sua, também a dos outros: para testemunhar uma emergência, você conseguirá entrar em contato com os serviços de emergência facilmente. Mas não se esqueça de recarregar a bateria do telefone, antes de sair de casa ou do trabalho.

2. Peça desculpas se tropeçar em alguém
É um bom hábito. As desculpas são necessárias, não só pela cortesia. Mesmo se tiver certeza de que não foi sua culpa, ao tropeçar, pare por um momento, peça desculpas e siga em frente.

Por que é importante? Você não tem ideia de quem é aquele em que tropeçou na rua. A pessoa em quem esbarrou pode carregar armas, ter consumido uma grande quantidade de álcool ou drogas. Pode sentir muita raiva ou incomodado. Um simples pedido de desculpas pode ajudar a evitar um grave perigo.

3. Sempre encontre ao menos três saídas
Para onde quer que vá, à livraria, à escola, ao concerto, ao escritório, ao aeroporto, ao supermercado... assim que chegar ao local desejado, localize três saídas imediatamente. Às vezes é fácil, então memorize qual está localizada mais próxima de você. Outras vezes, será mais complicado e encontrará somente uma única saída. Continue observando até localizar pelo menos três maneiras de deixar o local. Mesmo se houver apenas uma porta, certamente haverá outras maneiras de sair do edifício como, por exemplo, por janelas grandes e baixas.

Por que é importante? Se algo ruim acontecer, será tarde demais para encontrar as saídas. Mas, se você já as achou e memorizou com antecedência, conseguirá imediatamente começar a se mover em direção a elas quase que automaticamente.

4. Brinque de encontrar o ’homem mau’
Este é um jogo divertido, que também pode deixá-lo distante do perigo. Quando estiver num edifício, na rua ou no transporte público, dê uma olhada nas outras pessoas. Qual delas acha que é o ’homem mau’? Talvez veja um homem que mostre se sentir culpado ou que pareça estar com raiva ou com medo, que observa fixamente alguém ou que olha a sua volta com nervosismo.

Por que é importante? A nossa intuição raramente está errada. Se alguém próximo a você parecer perigoso, provavelmente é. Tente ficar longe dessa pessoa.

5. Uma vez no avião, calcule o número de filas até a saída de emergência
Quando já tiver localizado seu assento, conte cuidadosamente o número de filas entre a sua cadeira e a saída de emergência mais próxima. Não se esqueça disso.

Por que é importante? Se o avião se encher de fumaça, a iluminação de fundo não será suficientemente clara para guiá-lo. Mas se tiver certeza de que entre o seu assento e a saída de emergência, por exemplo, há 9 filas, conseguirá se movimentar contando os encostos das cadeiras.

6. Treine as mãos
Qualquer um que tenha tentado fazer barras, sabe que as mãos se cansam mais rapidamente do que qualquer outro músculo. Treinar os músculos das mãos todos os dias aumenta gradualmente sua resistência. Isso pode ser feito com a ajuda de pequenos expansores, que são super baratos.

Por que é importante? Em muitas situações de emergência, as pessoas que escaparam dos edifícios sozinhas ou de veículos foram forçadas a se pendurar, agarrando-se a algo pequeno. Os músculos das mãos treinadas permitirão que permaneça pendurado por mais tempo, ajudando numa enrascada.

7. Levante a cabeça e se movimente lentamente
Normalmente, ao perceber o perigo, as pessoas instintivamente abaixam a cabeça e aceleram o ritmo das passadas. Mas é um erro: deve, ao contrário, levantar a cabeça com segurança e reduzir a velocidade ao mínimo.

Por que é importante? Quando você acelera e abaixa a cabeça, transforma-se na presa. Não importa de quem venha a ameaça, se de um cão ou de uma gangue de bandidos, diminua seus movimentos, levante a cabeça e olhe para o lado de um jeito que possa ver o perigo com uma visão periférica.

Fonte: Incrível

Curta nossa página no Facebook

Nenhum comentário:

Postar um comentário

ShareThis