P3 Midia

P3 Midia

Sucesso nos anos 90, que fim levou He-man, o Gigante Loiro das Américas?


Nos anos 90 apareceu na cidade do Crato o circo do He-Man, protagonizado pelo paraguaio, naturalizado alagoano que desafiava a plateia para lutar num ringue improvisado, onde deveria ser um picadeiro. O lutador Lenine Alves Baptista, mais conhecido como He-Man, o Gigante Loiro das Américas ou He-Man do Nordeste, que encantava o publico todas as noites com o circo lotado. Na época o programa Aqui Agora, do SBT, o repórter Roberto Bulhões fez três matérias com ele, lutando com mais de 30 pessoas e até com mulheres.

He-Man foi covardemente assassinado pelo sogro, na cidade de Ouricuri, em Pernambuco, em janeiro de 2009. Segundo foi apurado, He-Man chegou à cidade de Ouricuri no dia 26 de dezembro de 2008 para visitar os filhos que residem com a mãe, Aparecida (Cida). O assassino de He-Man, segundo a polícia pernambucana, é seu sogro Manoel Lacerda da Silva, que deu 5 tiros na vitima, todos pelas costas. Após o primeiro disparo, que atingiu a cabeça, He-Man ainda tentou fugir, mas levou outros quatro.

Forte, como todos os grandes lutadores, o gigante ainda correu até o lote vizinho e caiu. Foi levado consciente ao hospital do município e logo depois transferido para Petrolina, onde ficou hospitalizado até o dia 08 de janeiro de 2009, quando veio a óbito. Seu sepultamento aconteceu no dia 11, na cidade de Sobradinho, no Distrito Federal, onde vive sua outra família.


Curta nossa página no Facebook



Nenhum comentário:

Postar um comentário

ShareThis