P3 Midia

P3 Midia

8 objetos que deveríamos trocar com mais frequência

Todo mundo sabe que os objetos de higiene pessoal, como escova de dentes e toalha, devem ser trocados com frequência. Mas com que frequência exatamente?

Decidimos pesquisar algumas teorias a este respeito e traz, neste post, alguns comentários de especialistas.

Escova de cabelo
A frequência com que deveríamos trocar a escova de cabelo depende de alguns fatores: a qualidade do material, o tipo de cabelo da pessoa que for utilizar, a quantidade de produtos que a pessoa usa no cabelo, etc. Não obstante, em média os dermatologistas aconselham trocar pelo menos uma vez a cada seis a 12 meses. Não se esqueça de que a troca de escova não faz com que os cuidados básicos com o cabelo sejam menos necessários.

Escova de dentes
Este aspecto todo mundo sabe que é muito importante. Para manter a boca saudável, dentistas recomendam trocar a escova de dentes à medida em que as cerdas ficarem gastas, e nunca usar mais do que três meses. A frequência é ainda maior em crianças e pessoas com problemas nas gengivas. O ideal também é jogar fora a escova de dentes após algum mal estar.

Esponja de banho
Alguns dermatologistas recomendam não usar esponjas como as da foto. Segundo eles, são um ambiente perfeito para a propagação de micro-organismos que fazem mal à saúde.

Se você não consegue imaginar um bom banho sem a sua esponja, veja estas dicas:

1. Seque-a todos os dias.

2. Não use esponja após a depilação ou após fazer a barba.

3. Jamais use a esponja no rosto ou em partes íntimas do corpo.

4. Lave a esponja pelo menos uma vez por semana.

5. Troque de esponja com regularidade: uma vez a cada dois meses em esponjas feitas com material sintético e uma vez a cada três a quatro semanas para ’flores de banho’ feitas com material natural ou buchas naturais, vendidas em feiras e supermercados.

Roupa de cama
Em média, eliminamos 250 ml de suor enquanto dormimos. Além disso, as células mortas, os ácaros e outros tipos de fungos fazem com que a cama nunca esteja tão limpa quanto parece. É por isso que os especialistas aconselham a mudar a roupa de cama pelo menos uma vez por semana. Se você dorme pelado ou não toma banho antes de dormir, troque o lençol com ainda mais frequência.

Lâminas para depilação e para fazer a barba
As lâminas devem ser trocadas quando começam a não cortar direito. Como qualquer outro objeto, elas também acumulam células mortas e bactérias. Tudo isso, ao entrar em contato com a pele, pode provocar irritação (lembre-se dos pontos vermelhos na pele na hora de raspar). Por isso, em média os especialistas recomendam trocar as lâminas após cinco a sete vezes. Para que dure mais tempo, lave a máquina com água quente e deixe-a em algum lugar seco.

Toalhas de banho
Mesmo usadas após o banho, as toalhas acumulam células mortas e, como ficam úmidas, acumulam bactérias. Os especialistas recomendam lavar as toalhas após usá-las de três a quatro vezes.

Toalha de mão
Lavar as mãos é uma das regras principais de higiene. Não obstante, é muito importante que elas fiquem bem secas. Como usamos a toalha para as mãos com mais frequência, é preciso trocá-las pelo menos a cada dois dias (um dia para quem mora com a família). Alguns especialistas afirmam que a maneira mais higiênica para secar as mãos é usando papel toalha.

Toalha de rosto
A pele do rosto e do pescoço é mais sensível que a pele do corpo, portanto os especialistas aconselham, em primeiro lugar, ter uma toalha específica para isso. Além disso, trocá-las com mais frequência. Para quem não quer ou não pode lavar o tempo todo uma toalha, uma alternativa é secar o rosto com algodão ou mesmo com um pedaço de papel toalha. Fácil é higiênico.

Fonte: Incrível

Curta nossa página no Facebook



Nenhum comentário:

Postar um comentário

ShareThis