P3 Midia

P3 Midia

Ceará tem quatro açudes sangrando após chuvas constantes

O Ceará tem quatro açudes sangrando nos municípios de Altaneira, Maranguape, Massapê e Saboeiro após as constantes chuvas registradas no estado. As informações constam no último boletim da Companhia de Gestão dos Recursos Hídricos (Cogerh), divulgado nesta sexta-feira, 24.

Os açudes Acaraú Mirim, em Massapê, e Valério, em Altaneira, se juntaram aos mananciais Caldeirões, em Saboeiro, e Maranguapinho, em Maranguape, que estão com volume máximo desde 15 de fevereiro e 5 de março, respectivamente. Neste mês, o Tijuquinha, em Baturité, atingiu a sangria no reservatório, mas por causa de uma operação de desassoareamento, a barragem secou.

Além dos reservatórios em sangria, dois açudes estão com volume acima de 90% - São Pedro Timabúba (91,85%), em Miraíma, e Itaúna (94,08%), em Granja. O Ceará possui 118 açudes com volume abaixo de 30%.

Somente nesta sexta (24), a Fundação Cearense de Metereologia e Recursos Hídricos (Funceme) registrou chuvas em 129 municípios. Conforme os dados do monitoramento diário da Cogerh, houve aportes em 86 açudes, destacando-se os açudes Acarape do Meio, Angicos, Aracoiaba, Araras, Ayres de Sousa, Banabuiú, Castanhão, Caxitoré, Cedro, Figueiredo, Frios, General Sampaio, Jaburu I, Orós, Pedras Brancas, Pentecoste e Taquara. O manancial Jatobá deixou o volume morto.

Nos últimos sete dias, os maiores aportes ocorreram em General Sampaio, Araras, Castanhão, Itaúna e Acaraú Mirim. Atualmente, 43 açudes estão com volume morto, enquanto 20 permanecem secos.

Fonte: O Povo

Curta nossa página no Facebook



Nenhum comentário:

Postar um comentário

ShareThis