Banner P3 728x90

Banner P3 728x90

Trecho da Transposição do São Francisco no Ceará segue parado; obra está sem prazo

A retomada das obras de Transposição das águas do Rio São Francisco, no trecho entre Cabrobró/PE, até o reservatório de Jati, no Ceará, segue paralisada e sem data para ser retomada. No último dia 15 se encerrou o prazo dado pelo ministro da Integração Nacional, Helder Barbalho, para a divulgação do edital para contratação da empresa responsável pela continuação dos trabalhos abandonados no ano passado pela construtora Mendes Júnior.

O Ministério até chegou a elaborar o edital, mas a peça foi impugnada pela Controladoria Geral da União (CGU), o órgão de controle interno do governo federal. A divulgação, agora, deve ocorrer, no mínimo, em fevereiro, segundo o deputado federal Danilo Forte (PSB-CE), que esteve no Ministério na terça-feira, dia 17.

Segundo o parlamentar cearense, a continuação das obras vai atrasar mais ainda, o que preocupa a população de todo o Ceará por conta da seca prolongada. “É uma situação muito preocupante. O estado está sofrendo demais com a falta d’água e nós não conseguimos retomar uma obra dessa tão importante”, disse.

Segundo Danilo, no Ministério, há uma grande procura pelo edital, de empresas especializadas, fato que deve dificultar ainda mais um fechamento de contrato. “A grande busca de empresas significa que vai haver disputa pela obra. E isso gera recursos que devem atrasar ainda mais a retomada”, lembrou.

O parlamentar cearense disse que chegou a sugerir, em agosto do ano passado, a convocação do Exército para a retomada imediata das obras. “Se isso tivesse acontecido, a gente já estaria era terminando a obra do trecho. Nós precisamos de pressa e a coisa está acontecendo no sentido contrário”, acrescentou.

Viagem
Nesta quarta-feira, o ministro Helder Barbalho está entre os estados de Pernambuco e Paraíba fazendo inspeções no Eixo Leste da Transposição. Com o acionamento de bombas no reservatório de Floresta, no sertão pernambucano, a expectativa é de que a água do São Francisco chega a municípios da Paraíba, como Campina Grande, ao fim deste primeiro semestre.

No caso do Ceará, cujas obras são do Eixo Norte, a chegada das águas está prometida para o segundo semestre, entretanto, os constantes atrasos podem voltar a postergar a chegada das águas para abastecer os municípios do Estado.

Fonte: Diário do Nordeste

Curta nossa página no Facebook



Nenhum comentário:

Postar um comentário

ShareThis