P3 Midia

P3 Midia

Raimundão entrou pela porta da frente, mas saiu pela porta dos fundos

O ex-prefeito de Juazeiro do Norte, Raimundo Macedo (PMDB), governou o Município por quase dois mandatos, mas, ao final da sua segunda gestão, amargou o afastamento do cargo por decisão da Justiça após as denúncias de má gestão do dinheiro público. Raimundão entrou pela porta da frente, mas deixou a Prefeitura, em uma linguagem de bastidores políticos, pela porta dos fundos.

Eleito, pela primeira vez, em 2004, Raimundo Macedo não conseguiu se reeleger em 2008 porque, no PSDB, ficou sem legenda em uma manobra do então aliado deputado federal Manoel Salviano. Salviano saiu como candidato e Raimundão decidiu apoiar, com a estrutura política e administrativa da Prefeitura, o então candidato do PT, Manoel Santana.

O petista venceu o pleito, rompeu com Raimundão poucos meses após assumir o cargo mas, também, não conseguiu renovar o mandato em 2012. O outrora inimigo politico Raimundo Macedo voltou à Prefeitura com uma consagradora votação.

O segundo mandato de Raimundão, como prefeito, foi marcado por uma intensa disputa de poder interna, com conflitos familiares no espaço político e denúncias de corrupção na administração municipal. Raimundo desistiu, no mês de setembro de 2016, de concorrer à reeleição alegando que estava sofrendo, com a sua família, perseguição política.

Uma operação da Polícia Federal apontou envolvimento do filho de Raimundo, Mauro Macedo, em irregularidades na aplicação de recursos oriundos de um empréstimo do Banco do Nordeste para construção de um shopping na cidade de Juazeiro do Norte.

O shopping – um dos maiores empreendimentos empresariais do Interior do Ceará, começou a ser construído em 2011, mas até hoje não teve a obra concluída. Fora da prefeitura desde o mês de outubro, Raimundo Macedo perdeu espaço e influência política e espera agora as eleições de 2018 para ser candidato à Assembleia Legislativa ou à Câmara Federal.

Fonte: Ceará Agora

Curta nossa página no Facebook



Nenhum comentário:

Postar um comentário

ShareThis