Banner P3 728x90

Banner P3 728x90

Nova Olinda (CE): Pesquisadores da URCA realizam primeira escavação controlada na Formação Crato

Pesquisadores da Universidade Regional do Cariri (URCA) realizam desde a semana passada a primeira escavação paleontológica controlada já realizada na Formação Crato, em calcário laminado, localizado na cidade de Nova Olinda. A escavação é parte do projeto de pesquisa “Análise quanti-qualitativa dos fósseis do calcário laminado da Formação Crato” e é financiada pela Fundação Cearense de Apoio ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico (FUNCAP).

A equipe, liderada pelo chefe do Laboratório de Paleontologia da URCA (LPU), professor Álamo Feitosa, composta de 05 pesquisadores e 12 alunos, trabalha na descoberta de níveis fossilíferos, de novas espécies de animais e plantas para serem estudados, além de novos espécimes que serão expostos no Museu de Paleontologia da URCA, em Santana do Cariri, e ficarão à disposição da comunidade científica.

O objetivo desse trabalho, de acordo com o professor Álamo, é divulgar a Paleontologia do local e criar o sentido da preservação do patrimônio natural da região. Segundo ele, a pesquisa procura ainda encontrar marcos estratigráficos dentro do pacote de calcário laminado da Formação Crato. Níveis estratigráficos são superfícies que tenham ou não mortandades e que podem identificar a temperatura ambiental, a qualidade da água da época dessa mortandade, para comparar com o ambiente atual.

No calcário laminado, conhecido popularmente como “pedra cariri”, já foram encontrados fósseis de pterossauros, tartarugas, lagartos, peixes, insetos e plantas de 120 milhões de anos, muitos deles expostos no Museu de Paleontologia da URCA.

Um novo olhar
Essa escavação tem uma peculiaridade: ela está sendo aberta ao público. Desde que começou, já recebeu alunos de escolas do Ensino Médio e Fundamental do Cariri e curiosos. Interessados em conhecer o trabalho dos paleontólogos e os fósseis devem entrar em contato pelo telefone (88) 9 9625.7916 para agendar uma visita.

Assessoria de Comunicação/URCA

Curta nossa página no Facebook



Nenhum comentário:

Postar um comentário

ShareThis