P3 Midia

P3 Midia

Você sabe o que é ortorexia? Descubra

A busca por uma alimentação saudável é um dos pontos principais para quem deseja uma melhor qualidade de vida. No entanto, até mesmo algo benéfico assim para o corpo e a saúde pode acarretar malefícios, se virar uma obsessão. Isso porque a compulsão por ingestão de comidas saudáveis pode virar uma doença chamada Ortorexia.

O que é a ortorexia?
Nos últimos tempos, uma “onda fitness” tomou conta das redes sociais, onde as pessoas postam diariamente suas rotinas compostas por exercícios físicos e rotina alimentar saudável. Esse excesso de informação tem influenciado adolescentes e adultos a buscarem uma alimentação excessivamente correta, motivados pelo desejo do “corpo perfeito”. E isso, muitas vezes, acontece sem o acompanhamento devido de profissionais capacitados. “Gastar muito tempo com pesquisas e preparo de comidas ou mesmo em atividades físicas, causando prejuízo às relações familiares e corporativas, são os principais sintomas desse distúrbio”, esclarece a endocrinologista do Complexo Hospitalar Edmundo Vasconcelos, Vivian Estefan.

A especialista explica que a Ortorexia é um tipo de distúrbio alimentar, uma vez que o paciente passa a se preocupar exclusivamente com a composição química e valor calórico dos alimentos. “Ele fica tão obcecado com o teor de proteínas, carboidratos, lipídeos, vitaminas e sais minerais dos produtos, que não se permite nunca uma variação de cardápio, nem mesmo em festas e encontros sociais”, completa.

Embora ainda não seja reconhecida como doença, segundo dados da Organização Mundial de Saúde (OMS), a Ortorexia atingia, já em 2014, cerca de 28% da população ocidental.

A compulsão com a qualidade alimentar pode desencadear um pânico na pessoa, fazendo com que ela passe a evitar o consumo de alimentos fora de casa. “O paciente desenvolve uma fixação pela alimentação saudável, o que acarreta em um auto isolamento”, elucida a médica, que alerta ser preciso ficar atento aos sinais e procurar ajuda imediata com especialistas da área. Assim, é possível fazer um diagnóstico rápido e aumentar as chances de cura.

O que caracteriza a Ortorexia:

• Obsessão por regras sobre alimentação saudável;
• Distorção sobre o que é ter um estilo de vida saudável;
• Preocupação fora do normal em relação ao modo como os alimentos dos preparados;
• Recusa em se alimentar fora de casa por não saber a procedência dos produtos.
• Alta rigidez nos hábitos alimentares;
• Preocupação excessiva com tudo relacionado à dieta;
• Controle da alimentação alheia;
• Ausência de vida social;
• Recusa em consumir alimentos industrializados e que contenham condimentos, conservantes ou corantes;
• Recusa em ingerir alimentos geneticamente modificados ou pesticidas;
• Exclusão do consumo de sal, açúcar e gordura;
• Rejeição a alimentos que estejam fora da sua dieta;
• Sentimento de culpa e derrota quando abrem alguma exceção;
• Falta de confiança em profissionais capacitados, por acreditar que as informações que buscaram são as mais eficientes;
• Críticas constantes ao estilo de vida de outras pessoas;
• Perda de peso excessiva.

Por tudo isso, a adoção de hábitos saudáveis deve sempre ser acompanhada da avaliação e acompanhamento de profissionais. Eles sabem detectar suas principais carências e necessidades e montar um programa que traga os resultados que você deseja.

Fonte: Doutíssima

Curta nossa página no Facebook



Nenhum comentário:

Postar um comentário

ShareThis