Banner P3 728x90

Banner P3 728x90

Saiba o que é psoríase e conheça tratamentos para a doença

A data 29 de outubro é considerada como o Dia Mundial da Psoríase. Embora muita gente não saiba o que é psoríase, essa é uma doença autoimune que atinge 2% da população mundial. Ela causa lesões na pele, como descamações e vermelhidão e tem como principal causa uma pré-disposição genética.

O que é Psoríase?
Segundo a dermatologista Dra. Claudia Marçal, da Sociedade Brasileira de Dermatologia e da Academia Americana de Dermatologia, a psoríase é uma inflamação, onde os anticorpos agridem os queratinócitos, que são as células produtoras de queratina. “Com isso, há uma lesão inflamatória, pela dilatação dos vasos sanguíneos, levando a uma mancha vermelha. Pode ainda causar sangramentos”, explica.

Por ser uma doença autoimune, a sua causa, na maioria das vezes, é hereditária. Ela está ligada a um histórico familiar, não só de casos da psoríase em si, como de outras também autoimunes, como artrite reumatoide, tireoidite de Hashimoto e vitiligo. A especialista alerta que, no entanto, alguns gatilhos podem acionar um quadro agudo da doença, como fatores ambientais e principalmente o estresse.

Como tratar a psoríase
Embora não tenha cura, há tratamentos que possibilitam um controle da doença.

Para isso, existem graus de avaliação na diretriz da psoríase — chamado de PASI (Psoriasis Area and Severity Index). “Uma análise mais aprofundada vai determinar o tratamento do paciente, que pode ser só local com hidratação, uso de corticoides ou de substâncias à base de Vitamina D; os biológicos injetáveis; e as medicações via oral”, explica. Cabe ao dermatologista avaliar todo o quadro do paciente, e assim como seu histórico familiar e pessoal, para determinar qual linha será usada para o controle.

Nos casos leves mais leves, ações como hidratar a pele, aplicar medicamentos apenas na região das lesões e exposição diária ao sol são suficientes para melhorar o quadro clínico e promover o desaparecimento dos sintomas. Já nos casos moderados, quando apenas as medidas acima não melhoram os sintomas, pode ser indicado tratamento com exposição à luz ultravioleta A, PUVAterapia.

Esta modalidade terapêutica utiliza combinação de medicamentos que aumentam a sensibilidade da pele à luz, geralmente em uma câmara emissora da luz. “A fototerapia pode ser a PUVAterapia associada ou não a drogas, a medicação via oral, ou UV Narrowband que é a de banda estreita que hoje é o mais aceito, sendo inclusive utilizado justamente em crianças e em gestantes”, diz a especialista.

Já em casos graves, a dermatologista comenta que é necessário iniciar tratamentos com medicação via oral ou injetáveis.

Importância de uma boa alimentação e exposição ao sol
Uma dieta adequada ajuda a amenizar as inflamações causadas pela doença. Quem sofre com psoríase deve investir em:
  • Alimentos ricos em ômega 3, como peixes de água fria, como atum, salmão, sardinha e bacalhau. Além de azeite, sementes e nozes, que também são recomendados por serem fontes dessa substância.
  • Frutas de cores diferentes, verduras e legumes. O morango é boa opção, por rico em ácido fólico, substância que ajuda a controlar a inflamação.
A exposição ao sol também é recomendada, já que ele ajuda a manter a pele mais saudável.

Fonte: Doutíssima

Curta nossa página no Facebook



Nenhum comentário:

Postar um comentário

ShareThis