P3 Midia

P3 Midia

Lei da atração: 6 passos para conseguir tudo o que você quer

Você já ouviu falar da lei da atração, certo? É aquela coisa bem “O Segredo” mesmo: coisas boas atraem coisas boas, manter o pensamento positivo atrai coisas positivas, e por aí vai. A premissa da lei da atração é bem simples: para termos bons resultados do lado de fora, precisamos ter coisas boas do lado de dentro.

Em teoria, tudo isso é lindo e até poético, mas a verdade é que a vida não é um mar de rosas que nos possibilita o luxo de manter pensamento positivo com frequência. Pelos mais diversos motivos, somos frequentemente inundados com pensamentos negativos, provindos de problemas no trabalho, no namoro, em casa, na escola... Ainda assim, precisamos ter um objetivo em mente e manter o foco, e se você quer colocar a lei da atração em prática na sua vida, siga as dicas abaixo:

1 – Seja honesto com você mesmo
Você deve ter objetivos que satisfaçam às suas necessidades, e não às necessidades alheias. Não significa que você não deve pensar em mais ninguém, mas sim que é preciso entender que cada pessoa tem sua própria personalidade, que essa personalidade nos faz ter ambições e sonhos diferentes, portanto não se compare com ninguém nem se force a seguir caminhos que não são seus, só para satisfazer os desejos de outras pessoas. Atrair coisas boas funciona quando as queremos genuinamente.

Pode parecer algo meio místico em um primeiro momento, mas é cientificamente comprovado que nossos neurônios nos ajudam a conseguir o que queremos quando esse desejo é genuíno. A chave é descobrir o que você realmente quer e o que precisa ser feito para que isso aconteça.

2 – Descubra o que você quer realmente
Faça uma análise sincera da sua vida e veja se aquilo que você tem está realmente deixando de funcionar para você. Lembre se você já chegou perto desse objetivo antes – ou tentou – e como foi a experiência. O que você quer? Seja totalmente honesto na resposta.

3 – Seja criativo
O escritor Neil Gaiman apontou, recentemente em uma entrevista, que uma das chaves para a criatividade é o tédio, e que é muito difícil ficar entediado hoje em dia, com tanto entretenimento disponível em nossos celulares e computadores. Quando foi a última vez que você se permitiu ficar olhando para o teto e pensando em coisas aleatórias, sem a interferência das redes sociais ou de qualquer outra coisa?

A questão aqui não é sonhar com coisas absurdas, mas com aquilo que você quer e imaginar como seria realmente alcançar esse objetivo, afinal é fundamental sonhar e ter objetivos, mas é ainda mais interessante ter objetivos que estejam ao seu alcance e sejam realistas. O segredo aqui é ser criativo, imaginativo e realista. Não adianta sonhar em ter um unicórnio cor-de-rosa, ainda que isso seja divertido de se imaginar. Se a ideia é realmente atingir uma meta, foque no possível.

4 – Visualize em detalhes
Cada vez que pensar na casa dos seus sonhos, não pense em um local abstrato. Em vez disso, imagine a coloração das portas, das paredes, a decoração dos ambientes. O mesmo vale para sonhos com relação à sua carreira ou à sua vida social: que tipo de pessoas você teria por perto, que situações você viveria, como se vestiria?

Detalhar e ser específico é importante. Se você tivesse que fazer um desenho qualquer, certamente perderia um bom tempo imaginando o que desenhar; porém, se a tarefa fosse fazer um retângulo azul com um círculo amarelo dentro, você já saberia exatamente o que fazer e que cores usar. Especificar é extremamente importante em termos de objetivos de vida.

5 – Escreva
Uma vez que você tenha escolhido seus objetivos, escreva-os. O simples exercício de colocar as coisas no papel – ou em um documento do Word, no Bloco de Notas, tanto faz – é algo que nos deixa focados e faz com que nosso cérebro pense com clareza, o que, convenhamos, é ótimo em termos de atingir objetivos – por isso post-its e quadros de anotações fazem tanto sucesso!

6 – Tome uma atitude significativa
Em termos de anatomia cerebral, as regiões relacionadas com intenções ficam pertinho daquelas relacionada com as ações, e as duas geralmente fazem trabalho em grupo. A diferença é que apenas a intenção não faz diferença alguma em nossas vidas.

Dizer para uma cadeira sair do lugar não vai fazer com que ela saia, mas aplicar a sua força em direção a esse mesmo objeto vai, finalmente, fazer com que a cadeira mude de lugar. Coloque a mesma força e o mesmo movimento na sua vida, e você vai conseguir ver os resultados. Estipule prazos para você mesmo e os cumpra.

Quando uma ideia sai do papel e passa a ser realidade, isso é a prova de que você tem o poder de fazer as coisas – e a sensação é mais do que incrível! Por isso a lei da atração é fundamental: conhecê-la nos faz ter uma melhor noção de como podemos conseguir as coisas que queremos com a força do pensamento.

Falar apenas em força do pensamento, por outro lado, deixa implícita uma ideia de que é “só pensar”, quando, na verdade, esses exercícios de pensamento nos dão a orientação de que precisamos ter as atitudes corretas para alcançar nossos objetivos. Mantenha sempre em foco que toda diferença só acontece quando agimos de alguma forma e que a lei da atração só funciona quando você dá uma ajudinha a ela.

Fonte: Mega Curioso

Curta nossa página no Facebook



Nenhum comentário:

Postar um comentário

ShareThis