P3 Midia

P3 Midia

6 coisas que todo introvertido detesta ouvir

Pesssoas são diferentes umas das outras e, por mais óbvio que isso seja, é algo que frequentemente precisa ser lembrado, já percebeu? Tem gente que gosta de fazer mochilão pelo mundo, tem quem encontre ânimo para ir para a balada quatro vezes por semana, tem quem prefira cinema, tem quem curta mesmo é ficar estudando em uma biblioteca. Tem quem prefira sempre sorvete de morango, como eu, e tem quem não vê sentido em um sabor de sorvete que não seja o de chocolate.

Não nos diferenciamos apenas em termos de preferências, cor de cabelo, tamanho do manequim e estilo musical. Somos diferentes também em aspectos comportamentais e, dentro desses padrões psicológicos, existe um grupo de pessoas a quem chamamos de introvertidas. Essa galera não curte multidão nem papinho de elevador, gosta de atividades que exijam criatividade, não é muito de se empolgar com eventos sociais e quase nunca diz alguma coisa sem pensar muito bem antes.

É bem possível que você conheça alguém assim, da mesma maneira que é possível que você mesmo se identifique como uma pessoa introvertida. Infelizmente, os introvertidos são muitas vezes vistos como pessoas metidas, antissociais, antipáticas e esnobes, quando, na verdade, não é nada disso. O Huffington Post reuniu uma série de frases que introvertidos ouvem com frequência e que, na verdade, não gostariam de ouvir. Confira:

1 – Você está bem?
Não é porque uma pessoa está quieta ou concentrada que ela está mal, triste ou querendo chorar. Ouvir essa pergunta várias vezes ao dia é extremamente irritante, até mesmo porque o introvertido, como qualquer outra pessoa, procura ajuda (de amigos, parceiros, familiares, médicos) se não está bem por algum motivo. Nem toda pessoa expansiva e sorridente o tempo todo está bem também – sempre bom lembrar.

2 – Se anime!
Apenas palhaços ficam sorrindo o dia inteiro, e possivelmente só porque isso faz parte do trabalho deles, que os remunera financeiramente. Falar para alguém sorrir ou se animar é algo extremamente bizarro, se pensarmos bem. Que tal cada um cuidar do próprio sorriso e não se preocupar tanto com as expressões faciais das outras pessoas?

3 – Me fale sobre você
Essa frase, especialmente quando vinda de alguém do trabalho, com quem a pessoa nem tem muito contato, pode ser extremamente constrangedora. Falar o que sobre si mesmo? Começar pelo dia do nascimento e seguir um cronograma ou explorar a linha dos filmes favoritos e trilhas sonoras ideais para meditação? Falar da família, dos amigos, dos gatos? Contar o sabor favorito de pizza?

4 – Venha para a nossa festinha!
Não que introvertidos não aceitem qualquer tipo de convite para eventos sociais, mas receber um deles acaba criando um dilema interno: o introvertido calcula mentalmente quantas pessoas haverá na festa, analisa se vale a pena ir e ficar só uma hora no máximo, sofre com a ideia de não poder ficar em casa e continuar a ler aquele livro do Neil Gaiman... Aceitar convites para eventos sociais é um verdadeiro dilema na vida de um introvertido.

5 – Relaxe!
O que passa na cabeça de uma pessoa que fala para a outra relaxar? Como ela sabe que a criatura não está relaxada? O fato é que introvertidos costumam ouvir isso com frequência, já que muita gente interpreta o comportamento mais quieto como uma espécie de tensão. Deixa a gente contar uma coisa: não tem nada disso, não! A pessoa só está ali, lendo o blog favorito dela, tomando uma xícara de chá. Só porque ela não está pulando em um pogobol, você não precisa pedir para que ela relaxe.

6 – Você não gosta muito de pessoas, né?
Entendam, caríssimos: introvertidos têm amigos, amam pessoas, namoram, se casam, têm colegas de trabalho e são capazes de conhecer novas pessoas normalmente. A questão é que eles são apenas mais reservados e, definitivamente, não gostam daquelas conversinhas que não levam a lugar algum.

Já reparou em como as pessoas falam sobre o tempo a todo o momento? O introvertido é apenas uma pessoa que olha para fora e pensa “ok, está frio hoje” e acha desnecessário criar diálogos com pessoas aleatórias sobre uma constatação óbvia. Só isso. Agora experimente ter uma conversa sobre algum assunto profundo com um introvertido... Aí a coisa vai longe e todo mundo sai ganhando.

Fonte: Mega Curioso

Curta nossa página no Facebook



Nenhum comentário:

Postar um comentário

ShareThis