P3 Midia

P3 Midia

Pessoas que falam sozinhas tem melhor memória e são mais objetivas

Quando alguém vê outra pessoa numa conversação só, uma das primeiras coisas que se pensa é se a pessoa tem algum problema mental. Os grandes monólogos são característicos dos esquizofrênicos, que mantém a prática por escutarem outras vozes em sua própria cabeça e quererem interromper os acessos desta maneira.

No entanto, há muita gente que fala sozinha enquanto caminha pela rua ou na própria casa sem ter qualquer tipo de traço de distúrbios. Inclusive, este pode ser um jeito bastante saudável de levar a vida segundo os psicólogos americanos Daniel Swigley e Gary Lupya. Ambos demonstraram que pessoas que têm “auto-conversações” são em geral mais inteligentes, resolvidas e criativas que as demais.

Para chegar a tal conclusão, eles estudaram um grupo de 20 pessoas as quais pediram uma série de produtos do supermercado. Na primeira fase do teste, eles não podiam repetir o nome do artigo que precisavam achar, nem mesmo murmurar. Na segunda parte, o mesmo foi feito, no entanto eles poderiam repetir os nomes para buscar as compras.

O resultado foi impressionante e a maioria se deu bem melhor na segunda fase do experimento, quando pode encontrar muito mais rápido o que precisavam e sem esquecer nada! Além do fator da memória, habilidades de organização dos pensamentos e aprendizagem também parecem ser melhor nestes casos.

Fonte: Yahoo! Brasil

Curta nossa página no Facebook



Nenhum comentário:

Postar um comentário

ShareThis