P3 Midia

P3 Midia

5 mitos sobre bebidas alcoólicas que podem prejudicá-lo bastante

As bebidas alcoólicas estão presentes em diversas culturas do mundo, sempre com variações regionais que normalmente fazem bastante sucesso. Sair para beber com os amigos é algo relativamente comum em qualquer país, sendo que ficar bêbado também é.

Contudo, apesar de muitos de nós termos experimentado os malefícios das ressacas, é fato que grande parte de nós insiste em beber além da conta e passar mal no dia seguinte – ou no mesmo dia, se o exagero for demais. Existem alguns mitos que envolvem o ato de beber ou ficar bêbado – e alguns deles são tão errôneos que podem prejudicar bastante você. O site Cracked listou alguns desses exemplos, que você confere logo abaixo:

1 – Deixe-o dormir em qualquer lugar
Esse mito pode custar a vida de um bêbado e é algo realmente preocupante. Quando as pessoas bebem além do que o corpo pode aguentar, elas desejam fazer o mínimo esforço possível e caem em qualquer lugar. Contudo, é preciso diferenciar alguém que está dormindo de alguém que está inconsciente.

Se o indivíduo em questão deitar na cama e dormir, ele pode vomitar e se afogar no próprio vômito, já que não consegue acordar para vomitar adequadamente – e o líquido descerá para os pulmões. Então, o que se deve fazer nesses casos? Se um amigo seu passou mal e desmaiou de tanto beber, você deve deitá-lo de lado, com um espaço para ele poder vomitar caso necessário. É importante verificar regularmente se ele está respirando normalmente também. E se ele começar a vomitar e não acordar de jeito nenhum, é o momento de chamar ajuda médica, pois a situação ficou realmente séria.

2 – Beber deixará você aquecido
Por mais controverso que esse tópico seja, ele é verdade: beber não deixará você necessariamente mais aquecido, muito pelo contrário. A sensação de ficar aquecido depois de beber traz algumas ilusões, e inclusive os Mythbusters já realizaram algumas pesquisas para comprovar esse fato.

O que ocorre é o seguinte: quando bebemos, as nossas veias sanguíneas são dilatadas, e o sangue é levado à superfície do corpo, bem mais perto da pele – o que faz você se sentir mais quente e pode deixar seu rosto rosado. Contudo, esse calor que foi à superfície deixou o seu organismo internamente mais frio, fazendo com que a temperatura total baixe, apesar de a pele esquentar.

Se você está em um local muito frio, como no topo de uma montanha cheia de neve, beber algo alcoólico certamente não o deixará mais quente, inclusive tornará a situação pior. Nesses casos, é melhor buscar por outras alternativas para se esquentar. Parece que os russos não sabem muito bem disso por beberem tanta vodka...

3 – Tomar aspirinas antes de beber irá prevenir as ressacas
Algumas pessoas possuem o hábito de tomar aspirinas antes de beber para amenizar os efeitos do álcool. Em primeiro lugar, já é errado você presumir que ficará tão mal ao ponto de ter que se medicar antes (o ideal é ter um pouco de bom senso e autocontrole, não?). Em segundo lugar, esse pensamento é totalmente errôneo.

As aspiras não possuem um poder tão potente capaz de combater os efeitos das noites de bebedeiras – e não farão você se sentir melhor no dia seguinte. Inclusive, um estudo da Associação Médica Americana identificou que ingerir aspirinas antes de beber pode desacelerar o metabolismo do corpo em relação ao álcool.

Isso quer dizer que o nível de álcool no sangue pode ficar muito mais alto, além de seus efeitos durarem bem mais. Então, não, não tome aspirinas antes de beber algo alcoólico. Quando estiver se sentido mal devido às ressacas, o melhor que você pode fazer é beber bastante água para hidratar o organismo – algo que também pode ser feito entre as latinhas de cervejas e os drinks.

4 – Beber café deixará você sóbrio e ligadão
Por mais que os efeitos do café sejam capazes de deixar você acordado nas manhãs de trabalho nas segundas, eles não irão combater o mal-estar proporcionado pelo álcool. O café é um estimulante, porém não é forte o suficiente para eliminar os efeitos colaterais das bebedeiras – beber café não o deixará menos bêbado, fato.

5 – Você pode enganar o teste do bafômetro de algum modo
Não, você não pode enganar o bafômetro com qualquer tipo de técnica antes de o policial pedir para você fazer o teste. Relatos mais bizarros incluem pessoas que comeram várias balas ou mascaram chicletes, encheram a boca de moedas e inclusive mastigaram tecido, tudo com o objetivo de o nível álcool ser disfarçado para não percebido pelos policiais.

O bafômetro realmente é bastante preciso, e você dificilmente conseguirá enganá-lo se tiver que fazer o teste. Se você sabe que vai beber além do ideal e está tão disposto a pensar em alternativas de não ser pego pelo teste, seja franco, você é um adulto responsável e correto (pelo menos supomos que seja), então deixe o carro de lado e pegue um táxi – todos agradecem.

Fonte: Mega Curioso (Via Cracked)

Curta nossa página no Facebook




Nenhum comentário:

Postar um comentário

ShareThis