P3 Midia

P3 Midia

8 itens bizarros que são encontrados nos alimentos que você consome

Se você é um pouco paranoico com limpeza e gosta de deixar tudo brilhando, da maçã da fruteira ao chão da pia, saiba que nem a mais higiênica das pessoas está livre de algumas coisas nojentas que todo mundo ingere sem nem ao menos se dar conta.

Uma frase dita por Otto Von Bismarck é muito interessante e ilustra bem o assunto desse post: “Se você gosta de leis e salsichas, você nunca deve vê-las sendo feitas”. Seguindo essa linha, infelizmente descobrimos que alguns alimentos industrializados contêm diversos itens desagradáveis como os que você vai conferir na lista a seguir:

1 – Secreções anais de castores
Pois é. Repare em um ingrediente chamado castóreo, que está listado em produtos feitos à base de baunilha. A substância pode ser retirada também de glândulas próximas ao ânus desses animais e, embora isso não soe a coisa mais apetitosa do mundo, o castóreo é um substituto comum da baunilha.

2 – Cabelos humanos
Ou cisteína, se você quiser um nome que dê menos enjoo. Você consome cabelos humanos em pães, bolos e afins. Por mais bizarro que pareça, esse componente feito com cabelo ou penas de pato (!) é utilizado para dar mais sabor a alguns alimentos. É muito mais comum do que você imagina.

3 – Alcatrão de carvão
Esse item começou a ser utilizado como corante artificial em vários alimentos há 120 anos. Atualmente os alimentos industrializados preferem o uso do óleo como corante.

4 – Anticongelante
Chamado também de propilenoglicol, a substância é conhecida por ser usada em radiadores e, definitivamente, não em alimentos. A verdade, porém, é que você encontra anticongelantes em molhos para saladas, como um agente capaz de deixar o líquido menos aguado.

5 – Retardador de chamas
Ele é chamado de óleo vegetal bromado e está presente em refrigerantes com sabores cítricos. Essa substância pode ser tóxica quando consumida em grandes quantidades.

6 – Biodiesel aditivado
O nome da substância é feio e difícil de falar: butil hidroquinona terciário. Por mais bizarro que pareça, ela está presente em nuggets de frango e pode ser supertóxica. Só para você ter ideia, somente um grama seria necessário para causar a morte de uma pessoa.

7 – Areia
Se um dia você encontrar o ingrediente dióxido de silício em produtos como sal ou sopas de pacotinho, saiba que essa substância vem da areia. Ela é utilizada para controlar a umidade e impedir que o sal ou a sopa em pó fiquem empedrados, por exemplo.

8 – Combustível de avião
O BHT ou, ainda, butil-hidroxitolueno, é utilizado em combustíveis de aeronaves e também no cereal que você come pelas manhãs. A substância tem efeito antioxidante e auxilia a deixar os alimentos frescos por mais tempo.

Fonte: Mega Curioso (via Huffington Post)

Curta nossa página no Facebook


Nenhum comentário:

Postar um comentário

ShareThis